Entendendo a Fisioterapia: Como é, quem precisa fazer e quando é indicado

Fisioterapia

É comum ouvirmos falar em fisioterapia quando algum jogador se lesiona gravemente ou depois que uma pessoa sofre um acidente que prejudica suas funções motoras.

E não é para menos, a Fisioterapia é a ciência médica encarregada do Movimento em diferentes escalas.

Mas, o que muita gente não sabe é que, existem diversas especialidades dentro da fisioterapia, e que ela não serve apenas para reabilitação e recuperação de lesões.

Nesse artigo você vai entender a importância da fisioterapia, quem precisa fazer, quando é indicado e muito mais!

O que é a fisioterapia?

Como mencionamos acima, a Fisioterapia se ocupa de estudar, diagnosticar e tratar pacientes com distúrbios relacionados ao movimento.

Nesse grupo, não se encontra apenas lesões, mas também doenças causadas por alterações genéticas, traumas e outras patologias.

Podemos dizer que a principal função da Fisioterapia é manter o bom funcionamento de órgãos e sistemas. Isso inclui preservar, desenvolver e reabilitar funções do corpo.

O fisioterapeuta é o profissional habilitado para atender pacientes, desde que devidamente registrado no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito).

O que a fisioterapia trata?

A Fisioterapia trata desde dores musculares até casos mais sérios como fibromialgia, pacientes no pós-operatório, pacientes que tiveram derrame ou AVC.

Como a Fisioterapia é um ramo da medicina muito abrangente, existem diversas ramificações, especializadas em uma região do corpo, ou que enfoque uma determinada técnica.

Para saber qual o tipo de fisioterapia que você precisa fazer (caso precise), é necessário passar por uma avaliação inicial com um fisioterapeuta.

Algumas especialidades da Fisioterapia conhecidas e atendidas no Studio Casa Verde são:

– Acupuntura;

– Fisioterapia ginecológica;

– Fisioterapia esportiva;

– Osteopatia; 

– Quiropraxia;

– Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional;

– Fisioterapia respiratória;

– Reeducação Postural Global;

Dentre outros.

Fisioterapia: Como Funciona

Depende muito da indicação, do grau e do tipo de paciente. 

Atualmente existem muitos tipos de tratamentos e modalidades diferentes, de forma que apenas o profissional habilitado pode indicar a mais adequada para cada caso.

Os diversos tipos de massagem, acupuntura, quiropraxia e osteopatia são bastante eficazes para tratamento de dores, incômodos e tensões musculares, reduz o estresse e melhora a circulação, o que por si só, já auxilia em diversas funções do corpo.

A fisioterapia, em geral, funciona com programas de tratamento, elaborados de forma individual para cada paciente, de acordo com o objetivo do tratamento.

Para auxiliar na realização dos exercícios, podem ser utilizados alguns acessórios como bolas de diferentes tamanhos, elásticos, travesseiros e uma infinidade de outros acessórios, além de equipamentos específicos.

O paciente é levado a realizar os exercícios, em determinada frequência, para promover o desenvolvimento ou reabilitação de articulações, alongando e trabalhando a área afetada.

O número de sessões também vai depender do grau da lesão e do objetivo do paciente.

Para quem é indicado a fisioterapia?

A Fisioterapia não é indicada apenas para quem sofre de lesões e doenças que requerem o tratamento.

Atletas amadores, dançarinos, atores e você que está trabalhando sentado na frente de um computador por horas a fio. Fisioterapia é indicada para todos que desejam preservar a integridade funcional dos órgãos.

Idosos e gestantes são dois grupos que devem consultar um fisioterapeuta para tratar dores e prevenir lesões. Por se tratar de grupos mais frágeis, o fisioterapeuta pode encaminhá-los para atividades de fortalecimento ósseo e muscular, prevenindo fraturas, quedas e lesões.

A ideia de procurar a fisioterapia apenas quando tem algo errado é errônea. Com um programa de exercícios adequados, diminui-se o risco de desenvolver doenças num futuro próximo.

Fisioterapia também é prevenção

Uma das melhores coisas sobre a Fisioterapia é que ela não é apenas um recurso para reabilitação, mas sim, uma poderosa aliada na prevenção de lesões e doenças.

Atletas de diferentes modalidades possuem um acompanhamento diário de um profissional em fisioterapia esportiva, antes mesmo de surgir uma lesão.

Preparo físico, exercícios constantes e acompanhamento profissional são decisivos para deixar o corpo em dias para enfrentar qualquer desafio, seja esportivo ou para as atividades rotineiras.

Marque uma consulta com um de nossos fisioterapeutas!

Mude alguns hábitos, valorize a qualidade do seu movimento e fique longe das doenças!

Prevenção é o melhor remédio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *