Acupuntura dói? Tire todas as suas dúvidas sobre o tradicional método chinês

acupuntura doi

Você acha que acupuntura dói?

Certamente, um dos mais curiosos métodos de cura da cultura oriental, a acupuntura ainda não é tão difundida no ocidente quanto é em sua terra natal.

No entanto, não são poucos os Studios espalhados pelo país que dispõem da modalidade que já conquistou muitos brasileiros.

Mas, o que muita gente ainda se pergunta sobre o método é: acupuntura dói? Se sim, quais são os benefícios que vêm com o sacrifício? Para que serve a acupuntura e quem pode fazer?

Tudo isso será respondido nesse blog e você vai ficar por dentro de tudo sobre a acupuntura!

Como surgiu a acupuntura?

A acupuntura é uma técnica milenar de origem chinesa que se baseia no equilíbrio e na harmonia das energias do corpo.

Podemos dizer que estamos saudáveis quando a energia interna do organismo está em equilíbrio com as energias do ambiente ao nosso redor.

Sendo assim, a missão da acupuntura é atuar no equilíbrio desta energia, utilizando para isso agulhas que são aplicadas em áreas estratégicas do corpo.

A acupuntura é reconhecida como especialidade médica desde 1995 e diferente da massagem – onde se usa a técnica manual – ela trabalha com a inserção superficial dessas agulhas ao longo do corpo.

E por causa dessa simples constatação – agulhas – muitas pessoas pensam que acupuntura dói.

Benefícios da Acupuntura

Os benefícios da acupuntura vão desde o tratamento de estresse e insônia até uma série de outras “curas” que envolvem não só o corpo, mas a mente do paciente.

Entre elas, estão:

  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Promove relaxamento e diminui sintomas de ansiedade e depressão;
  • Atua no rejuvenescimento da pele;
  • Reduz distúrbios do sono;
  • Regula os batimentos cardíacos e melhora a circulação sanguínea;
  • Ajuda a suavizar estrias e celulites;
  • Auxilia no combate de problemas hormonais;
  • Previne doenças e diminui a necessidade de tomar remédios;
  • Aumenta a expectativa de vida e bem-estar;
  • Aumenta a vitalidade e a energia.

Com a melhora da circulação e a energia equilibrada, é que muitos desses benefícios são atingidos, só confirmando o quanto a saúde física e mental são dependentes uma da outra.

Acupuntura Dói?

Muitos estudos científicos apontam a dor como uma coisa subjetiva. Ou seja, o que dói em mim, não necessariamente dói em você.

Mas, podemos analisar os fatos sobre o tipo de agulha usada na acupuntura e suas características, comparando com as agulhas de injeções comuns.

Para começo de história, a agulha usada na acupuntura não é pontiaguda como as agulhas das injeções normais. Sua ponta é oval e, portanto, causa menos “dor”. 

Outro detalhe interessantíssimo é que a agulha da acupuntura possui a espessura quase igual a um fio de cabelo! Ela é 10 vezes mais fina do que uma agulha comum.

Elas são fabricadas em material flexível em aço cirúrgico inoxidável e, também, são descartáveis. Podem variar entre 0,20mm a 0,30mm.

  Como a agulha da acupuntura é aplicada apenas superficialmente, temos menos chances do paciente sentir de fato alguma dor que não seja suportável. 

Alguns pacientes relatam que sentem como pequenos choques que costumam durar alguns segundos depois que a agulha é inserida. 

Na acupuntura, existe o chamado “Qi” que seria a “dor” que acontece quando o ponto exato da tensão foi atingido. Ou seja, se você sentir o Qi, significa que a energia que estava bloqueada, foi liberada. E isso é um bom sinal!

Quem pode fazer acupuntura?

Essa é a melhor parte. A acupuntura, é uma técnica que pode ser realizada desde bebês (logo após o nascimento), até idosos pois, possuem benefícios e indicações para cada fase da vida. 

Só para reafirmar a fina espessura das agulhas, elas podem ser utilizadas em bebês tranquilamente sem eles ficarem com qualquer trauma. Até porque, doeria 10 vezes menos do que uma injeção convencional.

Um intercorrência, que pode acontecer – e é super normal – é que eventualmente, alguma agulha acabe perfurando algum vasinho e gere algum hematoma. Isso pode acontecer algum tempo após a sessão.

O fato é que, os benefícios que vem com a acupuntura valem a pena, se você apenas tiver coragem. Acupuntura não dói. E nem é para doer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *