Treino Funcional: Entenda o que é e porque praticar

treino funcional

Treino funcional, cross fit, lutas, musculação, pilates, yoga, natação, dentre outras várias modalidades de atividades físicas que já existem e estão presentes em quase todas academias e estúdios. As opções são vastas, entretanto muitas das vezes não sabemos qual delas é ideal para nosso objetivo e será mais eficiente para nosso corpo. Por isso no blog de hoje vamos te contar um pouco sobre o Treino Funcional, que vem sendo muito praticado em todo país, não só em academias e estúdios, mas também em praças, parques e até mesmo em casa.

O que é Treino Funcional?

Antes de tudo, é importante esclarecer que a base do treino funcional são os movimentos naturais do ser humano, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. A ideia do treinamento funcional é trabalhar movimentos do cotidiano do aluno, como os realizados dentro de casa ou no trabalho. O praticante ganha força, equilíbrio, flexibilidade, condicionamento físico, resistência e agilidade. Os exercícios tiram o aluno dos movimentos mecânicos rotineiros e eixos definidos, como acontece em outras atividades físicas. Por isso, o treino funcional tem sido tão buscado por aqueles que não se adaptam com a rotina dos exercícios mais tradicionais das academias.

Benefícios do Treino Funcional: porque praticar?

Além de tonificar toda a musculatura, o treino funcional também trabalha uma maior complexidade do movimento e no envolvimento de várias capacidades físicas ao mesmo tempo. Isso faz com que o organismo tenha um gasto energético muito maior do que em outras atividades, além de trazer grandes benefícios, como:

  • Fortalecimento da musculatura: os exercícios deixam todo o corpo definido e tonificado, pois não são necessariamente específicos só para uma região do corpo. Sendo assim, com apenas um exercício você consegue trabalhar o corpo de forma global. Além disso, o treino funcional ativa mais fibras musculares do que outras atividades.

 

  • Promove o emagrecimento: uma aula de treino funcional de em média 45 minutos, pode eliminar de 800 a 1000 calorias. Os exercícios funcionais estimulam o aumento da queima de calorias de forma fantástica.  Existem ainda os protocolos de alta intensidade e curta duração que proporcionam resultados mais significativos para quem deseja reduzir o percentual de gordura.

 

  • Corrige a postura: se você, assim como a maioria das pessoas, anda curvado ou tem dificuldade em manter uma postura ereta enquanto trabalha ou faz alguma atividade em casa, o treino funcional, além de fortalecer os músculos que ajudam a manter a coluna reta, também vai lhe ajudar a desenvolver uma melhor consciência corporal. Dessa forma, você criará bons hábitos, como contrair o abdômen, alinhar o quadril, alinhar os ombros, dentre outros.

 

  • Diminui as dores nas costas: várias pesquisas relatam que um dos principais causadores de dores nas costas é a falta de força de sustentação da região central do tronco, o core. A região do core é uma tipo de “cinturão” que compreende músculos das regiões lombar, pélvica e do quadril. Sua ação fundamental é de estabilizar o corpo por completo. E aí que vemos mais uma vantagem do treino funcional, pois ele atua diretamente nessa área, já que tem como princípio atividades básicas, que precisam de estabilidade e força do core para serem feitas.

 

  • Trabalha o corpo todo de uma vez só: como já mencionamos, a maioria dos exercícios do treinamento funcional trabalha movimentos que ligam todo o corpo, integrando pernas e braços, uma vez que são esses que ajudam a trabalhar também a região do core. Um exemplo disso é o exercício de agachamento feito com uso de halteres. Somente com este exercício se trabalha braços, pernas e abdômen.

 

  • Trabalho cardiorrespiratório: por causa da velocidade exigida nos exercícios e alto tempo de permanência em cada posição, o treino funcional também atua no trabalho cardiorrespiratório, aumentando a frequência cardíaca de acordo com a intensidade dos exercícios.

 

  • Melhora a coordenação motora: pelo fato dos exercícios geralmente trabalharem mais de uma região muscular e serem utilizados mais de um movimento em conjunto, o treino funcional ajuda muito a melhorar a coordenação motora. A cada nível do aluno exige-se ainda mais concentração e coordenação motora, dessa forma trabalha-se o corpo e a mente do aluno.

 

  • Trabalha a flexibilidade: todos os exercícios são executados com amplitude total, dessa forma o músculo é obrigado a alongar-se.

Qual o primeiro passo antes de praticar a modalidade?

Apesar de ter tantos benefícios, o treino funcional não isenta o aluno a fazer uma avaliação física antes. É extremamente necessário, como primeiro passo, o aluno ser avaliado por um profissional para que este adapte cada exercício às suas necessidades e limitações. Também é super importante praticar essa modalidade acompanhado de um profissional eficiente para que não sejam feitos exercícios incorretos e acabe gerando lesões no aluno.  Uma dica é sempre que possível optar por turmas menores para que haja uma atenção maior do professor durante seu treino, para que ele conheça suas limitações e assim o resultado seja mais eficiente.

Conclusão

Trabalhar o corpo todo, sem se limitar apenas ao fortalecimento ou ao exercício aeróbico, é uma dinâmica incrível gerada no treino funcional. Se você pretende iniciar essa modalidade, não se prenda só ao treino, divirta-se com o movimento, tenha mais prazer em suas práticas esportivas  e nas suas atividades diárias, assim não haverá desânimo ou desculpas para não treinar.

Então não perca tempo, venha conhecer essa modalidade incrível! Agende uma aula experimental sem compromisso!

 

Autor

Samira Ribeiro – Fisioterapeuta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *